Post Introdutório para o filme Os Desafinados.

by

 

 

Sinopse:
Década de 60. Joaquim (Rodrigo Santoro), Dico (Selton Mello), Davi (Ângelo Paes Leme) e PC (André Moraes) são jovens músicos e compositores, que partiram para Nova York em busca de sucesso. Lá eles formam um grupo, chamado Os Desafinados, e integram o movimento que lançou a bossa nova. Ao longo dos anos eles acompanham o cenário político e musical do Brasil.

Lá vai:

Eu não gosto de bossa nova. Aí quando li gênero: comédia romântica quase chorei!

Mas estamos falando de Walter Lima Junior!

Então vamos por tópicos:

-Acho estranho o estardalhaço que fazem por causa de alguns playboys que um dia num boteco em Ipanema viram uma gostosa passar e fizeram a musica mais famosa do Brasil. Musica que foi remixada nos estados unidos e virou hit tempo atrás de boates americanas como a musiquinha latina engraçadinha. Não chora Tom Jobim, coitado dos americanos. Bando de bitolados que só olham para o próprio umbigo, só estudam uma língua e mentem nas estatísticas de maiores consumidores de livro no mundo.

Tom, você é Rei, por toda sua obra, isso é indiscutível!

 

-Gênero: Acho gênero tão desnecessário quanto paradigma de roteiros (paradigmas: estudei na faculdade, um dia juro que explico, mas você, caro espectador/leitor, é uma vitima de uma formula padrão de roteiro que amarra bem direitinho o que e como você vai sentir o filme). O gênero não vai longe disso. Premeditar o tipo de sensação é o fim! Mostra mais uma vez, que o filme entra na proposta de um enlatado. Você chega na locadora e pensa acho que quero ter medo ou acho que quero chorar… Einstein já falou que temos zilhões de neurônios, e que usamos apenas 20%. E você, espectador/leitor, pode muito mais do que imagina, inclusive nos seus sentimentos. Propor uma reflexão sobre nós mesmo e sobre o mundo (frase feita que sempre uso, tenho que mudar!) é DEVER do cinema.

 

– O filme vai chegar em Santa Catarina sei lá quando, mas isso é assunto para o post: Distribuição de filmes. Logo, logo vai estar aqui!

 

-Walter Lima Júnior também é Rei. Gosto do cinema novo, do experimental, das novas possibilidades!

Ele deu um caminho ao cinema nacional e abriu possibilidade para esse novos realizadores tentarem fazer o nosso cinema. Ele teve participação ativa no Cinema Novo, que foi o primeiro grande movimento de cinema bom que teve no Brasil. O cinema que ele faz hoje, é imprescindível para a formação de público no Brasil (terceiro post prometido!), e isso é uma meta que os realizadores tentam ganhar: A confiança do público nacional por um cinema que é deles.

Isso é um mini resumo, lógico.

 

Olha a currículo do cara:

 

Filmografia:
2008 – Os desafinados
2005 – Um crime nobre
1997 –
A ostra e o vento

1994 – O monge e a filha do carrasco
1987 –
Ele, o boto
1985 – Chico Rei
1983 – Inocência
1978 – Joana Angélica
1978 – A lira do delírio
1970 – Na boca da noite
1969 – Brasil ano 2000
1965 –
Menino de engenho

Prêmios:

– Ganhou o Urso de Prata, no Festival de Berlim, por “Brasil Ano 2000” (1969).
– Ganhou 2 vezes o Prêmio Candango de Melhor Diretor, no Festival de Brasília, por “A Lira do Delírio” (1978 ) e “Inocência” (1983).
– Ganhou o Troféu Passista de Melhor Filme, no Festival de Recife, por “A Ostra e o Vento” (1997).
– Ganhou o Troféu Passista de Melhor Diretor, no Festival de Recife, por “A Ostra e o Vento” (1997).
– Ganhou o Troféu Passista do Prêmio do Público, no Festival de Recife, por “A Ostra e o Vento” (1997).
– Ganhou o prêmio de Melhor Diretor, no Festival de Natal, por “Ele, o Boto” (1987).
– Ganhou o prêmio de Melhor Filme, no Festival de Havana, por “Inocência” (1983).
– Ganhou o prêmio de Melhor Filme do IV Centenário da Cidade do Rio de Janeiro, com “Menino de Engenho” (1965).

 

Curiosidades:
– É formado em Direito na Universidade Federal Fluminense (UFF).
– Um de seus filmes prediletos é “Ladrões de Bicicleta”.
– Dirigiu diversos documentários para a TV brasileira.

 

EM BREVE: O POST!

 

 

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Uma resposta to “Post Introdutório para o filme Os Desafinados.”

  1. mamute Says:

    Essa frase da garota de ipanema é ótima!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: