Archive for agosto \30\UTC 2008

Fazendo cinema.

agosto 30, 2008

Lembram que falei do filme Contra Pêlos do Danilo? Hoje fizemos uma reunião e batemos o martelo sobre algumas coisas. Uma das locações, por exemplo, tem uma prateleira que sempre me encomodou, hoje decidimos tirá-la. É complicado fazer arte de um filme de um diretor de arte….Quando vou decidir a cor do avental, fico sabendo por ele, com um sorriso amarelo e a testa franzida que o avental vai ser laranja… Mas ok. Conheço com quem estou mexendo, e talvez isso me traga alguma ruga no rosto até o final do filme.

Achei hoje, no computador do Danilo, outro blog de cinema. É o blog do diretor de atores e assistente de direção do Contra Pêlos, que ao mesmo tempo desenvolve seu TCC. Lá dá pra entende a angústia e a alegria que é fazer um filme de conclusão de curso. O filme chama-se Flores e Cigarros.

Vou colocar aqui um pedacinho (escondida do diretor) do roteiro e a foto da bentita estante que odeio.

aff!

aff!

Tem que sair né? Detalhe: Formando a rede de intrigas: Essa estante é na casa do assistente de direção.

Pedaço do roteiro:

1 INT. APARTAMENTO – NOITE

 

O local é aconchegante, a mistura de móveis modernos e antigos compõe o ambiente. A pequena cozinha possui uma ligação com a sala, possibilitando um contato entre os dois cômodos. TELMA (26) está deitada no sofá assistindo televisão. BERNARDO (30) seu esposo, chega em casa cabisbaixo, vai até a cozinha.

 

TELMA

Oi?

 

BERNARDO

Oi.

 

Bernardo enche uma caneca de café.

 

BERNARDO

Café?

 

TELMA

Sim. Quero.

 

Bernardo enche outra xícara e serve Telma sem encará-la. Ela bebe.

 

TELMA

Porque tão frio?

(continua…)

Anúncios

Você entende David Lynch?

agosto 27, 2008

O diretor de cinema esteve no Brasil a pouco tempo você sabia? E deu uma palestra em BH dia 05 de Agosto. Eu não fui, e você?

Quando estava cursando a escola de cinema conheci o cineasta. Ele impressiona por vários motivos, principalmente por seu contexto em filmes que não são surreais, são estranhos. Cada filme de David Lynch é um quebra cabeça. Admiradores de todo o mundo se perguntam pela lógica dos roteiros e o nexo de suas histórias. Ele dirigiu o clássico Encaixotando Helena em 1993, os curta-metragens: Six Man Getting Sick em 1966, The Aphabet em 1968, Grandmother em 1970 e The Aputee em 1974.

Em 1971 começou seu primeiro longa, foram cinco anos de uma dificil produção, incluindo o término de seu casamento. Em 1980 dirigiu seu grande filme O Homem Elefante, que foi produzido por Mel Brooks e recebeu oito indicações ao oscar, incluindo melhor diretor. Tem na sua filmografia a ficção cientifica Duna, Coração Selvagem.

Os que mais gosto, e que são os mais famosos: Veludo Azul (Blue Velvet…Esse nome te lembra algo?), Império dos Sonhos (Inland Empire) e Mulhond Dr. (odeio a tradução do nome, mas vai: Cidade dos Sonhos).

Se você não conhece David Lynch, começe por Mulhond Dr. Sei que a Cris vai ODIARRRR, mas a opinião dela no meu post não vale (hou hou hou)! Quem não conhece David Lynch não pode ser intelectual!

Abaixo, uma entrevista do site Cinema em Cena, com o próprio:

e o site do próprio:David Lynch

Eu entendo David Lynch! 😉

Nome próprio.

agosto 27, 2008

O filme finalmente chegou a Florianópolis.

Sinopse:A história de Camila (Leandra Leal), uma jovem empenhada em se tornar escritora. Sua vida é sua narrativa. Camila é intensa, corajosa e quer a sua literatura como um ato de revelação. É um filme sobre a paixão de Camila e seu esforço para bancá-la. Sobre uma personagem feminina que encara abismos e retira disso a força que necessita para existir.

“Nenhuma paixão é vivida impunemente.” Era assim a frase? Uma em tantas outras que tentei gravar para passar para vocês.   O filme foi um chute no estomago de todos que estavam na sala de cinema. 

A estória baseada em fatos reais, conta o dia a dia da Camila, interpretada por Leandra Leal. Uma blogueira inconsequente, bebada, inspirada e triste. Triste em alguns momentos, outros não… O incrível aqui não é contar a sinopse, mas sim a sensação do filme. Em um dos meus posts escrevi que todos tem um pouco de Amelie Poulan, e vejo que todos tem um pouco de Camila. O filme começa com uma camera tonta. Provavelmente para acostumar o espectador com oque viria pela frente. Na sala de cinema senti a falta de ar de tantos cigarros fumados, senti o enjôo da solidão e a falta de paciencia com as pessoas. Observar personagens pode ajudar a conhecer nós mesmos. E eu, tenho alguns dias de Amelie, outros de Camila… O filme virou temporal, isso por que foi filmado em 2004. Isso justifuca ela ter que acessar a internet por telefone. Filme Brasileiro é assim, demora pra terminar por falta de verba. Senti o drama quando na abertura li que o filme foi viabilizado graças a um prêmio de baixo orçamento, então imaginei que o filme todo passaria em uma ou duas locações. E me surpreendeu, foi além disso!

Acho que preciso de um filme mais leve pra tirar esse azedo da boca.

JECE VALADÃO!

agosto 26, 2008

Estava eu acompanhando a programação de cinema e notei que o ator Jece Valadão está em cartaz em dois filmes! Ulalá!

Jece participou da bela época do cinema nacional, fez diversos filmes como Eu matei Lúcio Flávio, A Idade da Terra (Glauber Rocha!), Filhos do Carnaval ( Série ótima da HBO, ai que saudades! ), Tieta do Agreste (o filmes) e a novela que era pra ser boa e não foi : Bang Bang.

Jece foi o estereotipo do cafajeste. Virou evangélico fez um documentário sobre sua própria vida e conheceu as pessoas mais legais do audiovisual brasileiro. Bem bom. Pena ter morrido…Acho que esses personagens são substituídos na nossa dramaturgia, espero que venham outros.

 

Em cartaz estão:


Encarnação do Demônio – 2008
Brasil / 98 min / 16 anos / Terror / Português
Direção: José Mojica.
Elenco: José Mojica, Débora Muniz e Jece Valadão.
O lendário Zé do Caixão volta a assombrar as telas. De volta às ruas de São Paulo, ele está à procura de uma mulher superior que possa gerar seu filho perfeito e, por onde passa, deixa um rastro de sangue.

Sala 7:
Terça, quarta e quinta-feira (26, 27 e 28) às 19h40 – 21h40. Iguatemy.

 

A Idade da Terra- 1980
Brasil / 140 min / Ficção / Português
Direção: Glauber Rocha.
Elenco: Jece Valadão, Antônio Pitanga, Tarcísio Meira, Geraldo Del Rey.
O filme mostra um Cristo-Pescador, um Cristo-Negro, mostra o Cristo que é o conquistador português e o Cristo Guerreiro-Ogum de Lampião. Quer dizer, os Quatro Cavaleiros do Apocalipse que ressuscitam o Cristo no Terceiro Mundo, recontando o mito através dos quatro evangelistas: Mateus, Marcos, Lucas e João, cuja identidade é revelada no filme quase como se fosse um Terceiro Testamento. A sessão faz parte do Terças Glauberianas, que até setembro exibe filmes do diretor brasileiro.

Terça-feira (26/8) às 18h30.- Fundação Cultural Badesc
Cineclube Aliança Francesa –De Grátix!

MEDO!!!

agosto 26, 2008

Voce não tem medo de um filme dirigido por Miguel Falabella? Eu tenho!

Ele é um bom ator, bom comediante, bom empresário, bom escritor e roteirista…Mas pelamordeDeus. Preciso que ele vá além da fórmula sorriso Sai de Baixo e seja criativo nos cartazes de seus filmes. Esse mesmo parece o gênero “um morto muito louco”….

MEDOOOOOOOOOO!!!!

Segue a sinopse:

Nome do Filme

Uma jovem em conflito com a mãe, uma terapeuta incapaz de resolver seus problemas, uma dona de casa de classe média que não consegue mais sonhar, uma atriz consagrada cuja carreira está em decadência e uma mulher que, sem querer, foi escolhida como mãe da filha de sua patroa. A vida destas mulheres, e seus respectivos maridos, namorados e amigos, se cruzam no Rio de Janeiro.

MEDOOOOOOOOOOO!!!!

OK, O NOME É BOM NÉ? PARECE FILME PORTOALEGRENSE! 😛

Segue a ficha técnica:

Ficha Técnica

Título Original: Polaróides Urbanas
Gênero: Comédia
Duração: interminável….
Lançamento (Brasil): 2008
Distribuição: Buena Vista International
Direção: Miguel Falabella
Roteiro: Miguel Falabella
Produção: Paula Barreto e Bruno Barreto
Pré-produção:
Direção de produção:
Assistente de produção:
Colaboração:
Co-produção: Globo Filmes, LC Barreto & Filmes do Equador, Miravista, Apema, Labocine
Música: Guto Graça Mello
Fotografia: Gustavo Hadba
Desenho de Produção: Cláudio Amaral Peixoto
Direção de Arte: Cláudio Amaral Peixoto
Figurino: Marcelo Pies
Edição: Diana Vasconcellos

Elenco

Marília Pêra (Magda/Magali)
Arlete Salles (Lise Delamare)
Natália do Valle (Dra. Paula)
Neusa Borges (Crioula)
Juliana Baroni (Vanessa)
Roberta Gualda (Melanie)
Otávio Augusto (Edmundo)
Marcos Caruso (Adalberto)
Alexandre Slaviero (Arnaldo)
Nicolas Trevijano (Mike)
Stela Miranda (Dulce)
Jacqueline Laurence (Renée)
Berta Loran (Malka)
Ingrid Guimarães (Verley)

E já ganhou prêmio:

Premiações

– Ganhou 3 “Lentes de Cristal” no Festival de Cinema Brasileiro de Miami, nas categorias de Melhor Filme – Voto Popular, Melhor Atriz (Marília Pêra) e Melhor Roteiro.

Meu zezuzi, me azuda! Só podia ganhar premio em miami mesmo, com esse nipe americano…
MEDOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!

Documentário sobre Valentino estreará no Festival de Veneza

agosto 26, 2008

Grande Cris! Mandou pra mim e estou publicando!

Moda e cinema né genteeeeeeee, tudo haver!

A exibição do documentário dedicado ao estilista italiano Valentino já é um dos eventos mais esperados do Festival de Cinema de Veneza de 2008, que acontecerá de 27 de agosto a 6 de setembro.

O filme terá duas projeções oficiais e uma festa exclusiva durante o festival. Durante a exibição de gala, que acontecerá no dia 28 de agosto no teatro La Fenice, é esperada a presença de diversas modelos que trabalharam para Valentino e atrizes que vestiram suas criações, como Gwyneth Paltrow e Uma Thurman.

Após a exibição, haverá uma festa exclusiva para convidados, dada em homenagem a Valentino pelos editores das revistas Vogue Italia e Vanity Fair.

Filmado entre junho de 2005 e julho de 2007, o documentário é resultado de mais de 250 horas de gravações. Durante dois anos Valentino e sua equipe foram acompanhados pelo diretor norte-americano Matt Tyrnauer, que teve a oportunidade de documentar as comemorações dos 45 anos de carreira do estilista e momentos antes e depois do anúncio de Valentino de que deixaria a direção criativa de sua grife.

Imagens de arquivo são alternadas com momentos recentes da despedida de Valentino e a narrativa é composta de modo a revelar ao público o mundo criativo do estilista, mas também seu estilo de vida e suas relações com a elite internacional.

“Será para mim uma grande honra e também uma ocasião para reforçar as ligações muito estreitas que sempre tive com o mundo do cinema”, declarou Valentino à ANSA. “O documentário é uma biografia autorizada, certamente há toda a minha história, a história da alta-costura e dos grandes eventos dos quais participei.”

O estilista disse ainda que no filme “será visto o Valentino que cria, fala, esquia. E talvez o público se entediará mortalmente”. “O diretor da Mostra de Veneza, Marco Mueller, definiu o filme como a não-ficção mais ficção que viu recentemente”, disse o estilista.

Para o diretor do documentário, “uma das coisas mais inspiradoras na história de Valentino é que ele construiu seu império sozinho”. “É o último verdadeiro estilista de alta-costura e representa uma das mais belas histórias de sucesso dos nossos tempos”, disse Tyrnauer.

 

fonte:http://estilo.uol.com.br/moda/ultnot/2008/08/25/ult630u9458.jhtm

O Fabuloso Destino de Amelie Poulain – “post emoção”

agosto 14, 2008

Falando de TCCs, lembrei-me do meu, que foi baseado no filme O Fabuloso Destino de Amelie Poulan.

Falando em Amelie Poulan lembro que no mês que vem estaremos na europa cobrindo os principais desfiles de moda, incluindo a França.

Sendo assim, qual melhor assunto que esse filme?

Amelie Poulan é um filme francês de 2001 estrelado por Audrey Tautou ( Barbara, se não souber quem é te dou uma surra!). Foi dirigido por Jean Pierre Jeunet, que entre tantos, dirigiu Delicatessen (1991), Ladrão de Sonhos(1995), Alien-  A ressurreição (1997). Jeunet tem a característica de incorporar em seus personagens uma poesia que casa com a estética dos filmes. Um dia, um amigo meu disse que o filme deixa a realidade mais bonita. E Jeunet a deixa mais romântica, mais poética, lúdica. Todos seus filmes são bem desenhados, e a escolha da paleta de cores é feita com o mesmo cuidado que um estilista a escolhe para sua coleção. Amelie Poulan vai do verde para o vermelho o tempo todo, e tem uma luz quente que interage com o resto do ambiente. É lindo.

Em uma das cenas do filme a garçonete Amelie guia um cego pela rua, e sempre que pode vai com seus bolsos cheio de pedrinhas jogá-las no rio, o mesmo rio que jogava outras pedrinhas na sua infancia. Eu tenho várias cenas dessas na minha vida, pois acredito que todos nós trabalhamos com o lúdico em nossas escolhas.

Todos nós, incluindo você, tem um pouco de Amelie Poulan dentro de si.

O novo cinema= Para você pensar cinema de forma diferente, pra sempre!

agosto 12, 2008

Muita gente está produzindo e ninguém tem acesso, isso todo mundo sabe, mas ninguém para pra pensar sobre o assunto. As universidades de cinema do Brasil formam em média 40 alunos por semestre. Esses 40 alunos desenvolvem seu TCC (trabalho de conclusão de curso) com base em um filme que desenvolvem o roteiro, a concepção de luz, arte, produção, direção de atores, direção de cena…Ufa! Tudo! E no final são avaliados numa banca pelos professores, como em qualquer outro curso.

Já participei de vários desses filmes na faculdade, a maioria deles assinando a Direção de Arte. Agora terei a honra de participar novamente como diretora de arte no filme Contra Pêlos, de Danilo Seemann. Hoje é a primeira reunião com a equipe de arte. Para vocês entenderem um pouco o processo de um filme, vou postar periódicamente o processo  de contrução. Não pensem que é fácil, pois exige preparação psicológica e o mais importante: Criatividade cinematográfica.

Algo complicado, pois, me diga você, oque é um bom diretor?

Enquanto isso, assistam o vídeo que encontramos no youtube. É de um menino que se formou na mesma universidade que eu e tem a produção assinada pelo Danilo, o cujo já citado.

Fiquei sabendo aqui na redação que a atriz imterrompeu o desfile mais bonito da udesc e ainda prejudicou a formanda que desfilavaaaaaaaaaaa! Que chato né produção! :p

FINAL DE SEMANA!

agosto 8, 2008

Bom meu povo, Morgan Freeman recebeu alta nesta quinta-feira e, tirando alguns ossos quebrados, podemos respirar aliviados porque está tudo com ele. Segundo o tablóide britânico, “Tha Daily Mail”, ele está se divorciando após 24 anos de casamento. Bill Lucketts, além de sócio do ator, é seu advogado. Era da casa dele que Freeman voltada quando ocorreu o acidente. A polícia descartou o uso de álcool como causa do acidente, mas diz que é possível que Freeman tenha cochilado ao volante!

 

Estréias do final de semana….. well… eu vou ficar em casa vendo Olimpíadas!!

 

Continua passando “Batman”, “Hancock”, “A Múmia”, “Wall-E”, “Kung Fu Panda”, “Arquivo X” (ah.. me lembrei porque eu não via a série do Arquivo X … o Mulder é um panaca né! Ele é muito tanso.. mocinho assim não dá! Ele consegue ser mais tanso que o Superman Returns! Sem condições!).

 

De novo: “Casamento em Dose Dupla”.. (mêda!), e o filme divertidinho novo da Jodie Foster, Abigail Breslin e Gerard Butler, “A Ilha da Imaginação”.

 

 

That’s all folks!

MORGAN FREEMAN – ACIDENTE GRAVE – PARTE II

agosto 5, 2008

Nós, fãs de Morgan Freeman, já podemos respirar mais aliviados! De acordo com o programa de TV da E!, “Entertainment Tonight”, Morgan Freeman está bem e passara por uma pequena cirurgia.

 

O sócio do ator, Bill Lucketts, disse que Freeman teve ferimentos leves no pescoço e nos ombros, fraturou seu cotovelo esquerdo e deve ser operado nesta terça-feira.

 

O povo não perde tempo, o site do tablóide inglês “Daily Mail” já divulgou imagens do acidente.

http://www.dailymail.co.uk/tvshowbiz/article-1041570/Pictured-The-horrific-moment-Morgan-Freeman-nearly-died.html 

 

O programa de TV da E!, “Entertainment Tonight” contou também que o acidente aconteceu quando Freeman saia da casa de seu sócio, Lucketts, e voltava para casa em Charleston, no Estado de Mississippi (aliás, uma de suas casas). No carro estava também uma mulher identificada como Demaris Meyer (WHO??)